Ir para o conteúdo

Município de Santa Bárbara dOeste e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Município de Santa Bárbara dOeste
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Twitter
Rede Social Youtube
Rede Social Rádio Santa Bárbara FM
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
05
05 JUL 2023
ASSISTÊNCIA SOCIAL
CONSELHOS
SEGURANÇA PÚBLICA
Conselho da Mulher e Guarda Municipal de Santa Bárbara elaboram projeto “Margarida Vai à Escola”
enviar para um amigo
receba notícias

Conselheiras e guardas participam de capacitação para montar projeto de prevenção a violência doméstica

O Conselho Municipal de Defesa do Direito da Mulher de Santa Bárbara d’Oeste (CMDDM) e Guarda Civil Municipal, vinculada à Secretaria de Segurança, Trânsito e Defesa Civil, trabalham na elaboração do projeto de prevenção a violência doméstica “Margarida Vai à Escola”. Pioneiro e inovador, o objetivo é orientar os estudantes nas unidades escolares para detectar os tipos de violência. Neste sábado (1º/7) conselheiras municipais, guardas civis e psicólogos participaram de uma capacitação para formatar o projeto, no Centro de Formação e Capacitação da Guarda.

Estudantes na faixa de 10 a 12 anos serão os primeiros contemplados com as aulas a serem ministradas por integrantes do Conselho e por guardas civis do Programa Anjo da Guarda da Mulher. Projeto semelhante já foi implantado no Distrito Federal e Roraima, além de cidades no Estado de São Paulo. Em Santa Bárbara, o projeto será uma parceria do Conselho com as secretarias de Promoção Social, Segurança de Segurança, Trânsito e Defesa Civil e Educação do Município, amparado na Lei Municipal 3.926/2017 do projeto Anjos da Guarda.

Os quatro temas principais serão direitos humanos, igualdade de gênero, respeito com os colegas e violência doméstica. A intenção é que o conteúdo contemple informações sobre o que é a violência doméstica, os tipos de violência (física, psicológica, moral, sexual e patrimonial), sobre o perfil do agressor, medidas para evitar a violência, estratégias para buscar ajuda e canais de denúncia.

A proposta é que as aulas sejam incluídas na grade curricular da quarta e quinta séries do ensino fundamental e que sejam realizados dois encontros por tema, intercalados com atividades lúdicas, exibição de filmes, além de elaboração de desenhos e textos pelas crianças.

 

Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia