Ir para o conteúdo

Município de Santa Bárbara dOeste e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Município de Santa Bárbara dOeste
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Twitter
Rede Social Youtube
Rede Social Rádio Santa Bárbara FM
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
OUT
17
17 OUT 2023
ÁGUA E ESGOTO
EDUCAÇÃO
MEIO AMBIENTE E LIMPEZA PÚBLICA
Dia da Abelha: Meliponário do CESB promove educação ambiental
enviar para um amigo
receba notícias

“As abelhas são responsáveis pela nossa vida. Oitenta por cento da nossa alimentação e nossa flora são polinizadas por abelhas. Um terço do que a gente come, se alimenta, vem da polinização das abelhas”, disse o apicultor do meliponário do Centro Ecológico de Santa Bárbara (CESB), Antony Rafael Ignacio.

No dia 3 de outubro, foi celebrado o Dia da Abelha. Para ressaltar a importância delas no meio ambiente, o meliponário, que integra o projeto de educação ambiental do CESB, oferece visitas monitoradas diariamente às crianças das escolas da Rede Municipal de Ensino, propagando conhecimento de forma lúdica e prática.

O meliponário do CESB dispõe de caixas didáticas com seis espécies de abelhas, das mais de 350 existentes no Brasil. São abelhas sem ferrão e as crianças podem observar o funcionamento dos enxames e ninhos, onde elas colocam os ovos, onde produzem o mel. O mel é o alimento energético das abelhas, que podemos consumir e o pólen é o alimento proteico das abelhas.

As abelhas mirim doriana, mirim guaçu, mirim preguiça, jataí, marmelada amarela e mocinha preta são livres, já que a caixa apresenta uma abertura. E elas saem para polinizar e produzir enxames naturais no espaço verde do CESB, aumentando a população.

“Quando as crianças chegam no meliponário, começamos uma sensibilização sobre as abelhas, informando que elas não picam por não ter ferrão. Mas na natureza, as que picam só fazem isso para se defender, não precisa bater, é só deixar elas seguirem a vida delas, faz parte do meio ambiente”, explicou a bióloga Isabella Barichello Giordano. A visita ao meliponário, uma das estruturas do CESB, inclui explicação sobre a importância das abelhas, de carregar o pólen das flores e ajudá-las na reprodução por meio da polinização.

De acordo com a bióloga, as crianças se encantam e propagam atitudes responsáveis com o meio ambiente por onde vão. “Várias escolas já mandaram fotos de ninhos que as crianças encontram na escola, em que eles colocam ‘plaquinha’: ‘aqui tem um ninho natural’. Porque elas viram aqui e sabem da importância de manter. A educação ambiental do meliponário começa aqui e termina escola, nas casas, porque eles saem entendendo a importância de cuidar das abelhas”, concluiu a bióloga.

O CESB

O CESB “Eliza Marconi Romano” é um dos espaços públicos mais completos da região, referência em educação ambiental, reúne projetos de Educação, Meio Ambiente, Saúde e Segurança. Além do Meliponário, há a Mini Fazenda, o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres, o Centro de Equoterapia (construção na reta final), Herbário, Minhocário, Mirante, entre outras estruturas como o viveiro de mudas, em uma área verde diversificada, repleta de conhecimento e aprendizagem.

O CESB foi inaugurado em novembro de 2022 pelo prefeito Rafael Piovezan e está localizado na Rua da Cachoeira, 1220, no São Joaquim. Com uma equipe especializada, atende atualmente alunos da Rede Municipal de Ensino por meio de visitas monitoradas previamente agendadas.

 

 

Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia